Cerimônia de premiação encerra V PGP-PR reconhecendo projetos de destaque da administração pública paranaense

20171121_PremiaçãoPGPPR-41Na última terça-feira (21), foi realizada a cerimônia de premiação do V Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O evento recebeu gestores paranaenses, autoridades, auditores fiscais, parlamentares e outros convidados para celebrar o encerramento do Prêmio, uma iniciativa do Sindafep que reconhece projetos criativos e inovadores das administrações públicas municipais do estado.

Esta edição teve como tema Saneamento Básico: Essencial para uma Vida Saudável e recebeu a inscrição de 123 projetos de 65 municípios, que também abrangeram outras funções do governo, como educação, saúde, gestão ambiental, entre outras. No total, 30 municípios foram premiados com certificados de reconhecimento, menção honrosa e os troféus de cada categoria do PGP-PR.

Segundo o coordenador-geral do Prêmio, Laerzio Chiesorin Junior, a solidariedade é uma das principais características do Prêmio Gestor Público Paraná – PGP-PR. “Em nosso prêmio, o olhar para o próximo se traduz na busca de projetos e soluções executados por vários municípios, trazendo melhoria para a vida da população paranaense. Essas ações ajudam a construir uma sociedade livre, justa e solidária”, destacou.

Laerzio também ressaltou a importância do Banco de Projetos, que reúne os projetos apresentados desde a primeira edição do Prêmio. “É uma plataforma pública e irrestrita, que intensifica a disseminação de ideias entre os gestores municipais”, afirmou.

Para o presidente do Sindafep, Wanderci Polaquini, o PGP-PR é um multiplicador das boas práticas de gestão pública que melhoram a vida dos paranaenses. “Mesmo com a crise financeira que assola a grande maioria dos estados e municípios brasileiros e provoca a escassez de recursos disponíveis, reduzindo as possibilidades de solução das demandas existentes nos serviços públicos, os gestores mostram que é possível realizar projetos inovadores e criativos para atender a essas necessidades”, disse.

De acordo com o presidente da Alep, o deputado estadual Ademar Traiano (PSDB-PR), o PGP-PR marca, registra e deixa para a história o trabalho desenvolvido pelos gestores dos municípios paranaenses. “É uma oportunidade de mostrar as potencialidades da administração pública, que por meio do trabalho em equipe alcança resultados importantes que se destacam nesse Prêmio”, afirmou.

Premiados

Neste ano, os municípios selecionados para concorrer às premiações principais foram: Apucarana, Arapongas, Bituruna, Guaíra, Guairaçá, Guaporema, Ibiporã, Ivaiporã, Joaquim Távora, Jussara, Londrina, Mandaguari, Manoel Ribas, Marechal Cândido Rondon, Marilândia do Sul, Maringá, Matinhos, Nova Esperança, Nova Tebas, Palmeira, Paraíso do Norte, Peabiru, Pinhais, Ponta Grossa, Quarto Centenário, Santa Mariana, Santa Terezinha de Itaipu, Santana do Itararé, São Jorge do Ivaí e Ubiratã.

O troféu PGP-PR Melhor do Ano foi entregue ao município de Mandaguari, pelo projeto De Volta para a Escola, que tem alcançado resultados muito positivos no combate à evasão escolar. Segundo o prefeito da cidade, Romualdo Batista, ao melhorar a frequência escolar muitos problemas são evitados, como dificuldade de aprendizagem, indisciplina, entre outros.

“Esse projeto tem uma função muito importante na vida das crianças e das famílias e envolve toda a cidade, incentivando a valorização da educação. Esperamos que o projeto possa se estender para outros municípios e transformar o cenário da evasão escolar em nosso estado e no país, pois a transformação está em nossas mãos”, enfatizou Romualdo.

Já o projeto Planejamento Ecológico do Arroio Olarias, da cidade de Ponta Grossa, recebeu o troféu PGP-PR Saneamento Básico. Para o prefeito do município, Marcelo Rangel Cruz de Oliveira, esse é um projeto que contribui muito para a região. “Conseguimos recuperar um arroio que era um esgoto a céu aberto e agora vai setornar o novo centro da cidade. Esse Prêmio nos incentiva a desenvolver projetos como esse e a seguir bons exemplos de outros gestores do Paraná”, salientou.

O município de Guairaçá foi premiado com o troféu PGP-PR Administração Tributária pelo projeto Os Benefícios da Educação Fiscal em Prol da Sociedade Guairaçaense, que ajudou a aumentar a arrecadação do município por meio da conscientização dos comerciantes e empresários.

O prefeito da cidade, Elsonda Silva Greb, destacou que esse projeto tem um impacto social muito importante. “Parte da arrecadação vai para a APAE [Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais] de Guairaçá e também temos o plano de nota produtor, em que nosso foco é nos produtores rurais, na recuperação das estradas rurais, do transporte e da merenda escolar para que o nosso município possa se desenvolver”, explicou.

O troféu PGP-PR Tecnologia da Informação foi entregue ao município de Guaíra pelo projeto Saúde Digital, que informatizou todos os processos de saúde, como prontuário, internamentos e retirada de medicamentos, trazendo mais transparência e possibilitando um melhor planejamento das ações de saúde.

“Essa premiação reflete o trabalho da equipe de Tecnologia da Informação da nossa cidade, que ano que vem terá uma Secretaria de TI para estruturar ainda mais a área”, frisou o prefeito de Guaíra, Heraldo Trento.

Continuidade

A próxima edição do PGP-PR terá como tema Agricultura: Produtividade e Sustentabilidade, incentivando projetos que atendam aos desafios desse cenário.

A agricultura é uma das principais atividades econômicas do Paraná e do Brasil e novos métodos agrícolas, como agroenergia, agricultura orgânica e plantio direto estão sendo constantemente desenvolvidos para que a produção de alimentos seja sustentável, respeitando o meio ambiente. Um dos objetivos fixados pela Organização das Nações Unidas (ONU) para 2030 é promover a agricultura sustentável, o que demonstra a importância da discussão do tema.

Fonte: Sindafep

Relacionados